Home/Vacinas/Vacina Tríplice Bacteriana Acelular - DTPa

Vacina Tríplice Bacteriana Acelular - DTPa

Agendar agora Ver preços

O que previne

A Vacina Tríplice Bacteriana Acelular (DTPa) promove proteção contra Difteria, Tétano e Coqueluche.

Ou seja, ela promove proteção contra infecções invasivas causadas pelos agentes causadores dessas doenças

Agendar

Trata-se de vacina inativada, portanto, não tem como causar a doença.

Contém os toxoides diftérico e tetânico (derivados das toxinas produzidas pelas bactérias causadoras das doenças), e componentes da cápsula da bactéria da coqueluche (Bordetella pertussis), sal de alumínio como adjuvante, fenoxietanol, cloreto de sódio e água para injeção.

A quantidade de toxoide diftérico e de componentes pertussis é menor que na vacina infantil (DTPa).

  • Em crianças com até 9 anos podem ocorrer: irritabilidade, sonolência, reações no local da aplicação (dor, vermelhidão e inchaço) e fadiga em mais de 10% dos vacinados. Até 10% podem manifestar falta de apetite, dor de cabeça, diarreia, vômito e febre. Distúrbios da atenção, irritação nos olhos e erupção na pele são incomuns – acometem apenas 0,1% a 1% dos vacinados.
  • Mais de 10% das crianças a partir de 10 anos, adolescentes e adultos experimentam dor de cabeça, reações no local da aplicação (dor, vermelhidão e inchaço), cansaço e mal-estar. Em até 10% acontecem tontura, náusea, distúrbios gastrintestinais, febre, nódulo ou abscesso estéril (sem infecção) no local da aplicação. São incomuns (entre 0,1% e 1% dos vacinados) sintomas respiratórios, faringite, aumento dos gânglios linfáticos, síncope (desmaio), tosse, diarreia, vômito, transpiração aumentada, coceira, erupção na pele, dor articular e muscular e febre acima de 39ºC.
  • A anafilaxia ocorre com menos de 0,01% das pessoas; inchaço generalizado, convulsões, urticária e fraqueza muscular com 0,01% a 0,1% dos vacinados.
  • A experiência com o uso da vacina sugere que há um pequeno aumento do risco de eventos adversos locais com a vacinação em doses repetidas e próximas (esquema de três doses em seis meses) em adultos com mais de 40 anos, bem como na dose de reforço das crianças (a partir de 10 anos de idade).

Intramuscular.

Quem precisa vacinar?

(fonte: Sociedade Brasileira de Imunizações. Em: Vacina Tríplice Bacteriana. Acesso em: 14 de Setembro 2018.)

Crianças com menos de 7 anos de idade

Para a vacinação rotineira de crianças (aos 2, 4, 6 meses e entre 12 e 18 meses), preferir a vacina quíntupla (penta) ou sêxtupla, nas quais a DTPa é combinada a outras vacinas. Ver DTPa-VIP/Hib ou DTPa-VIP-HB/Hib. Para a dose de reforço entre 4 e 5 anos de idade, a DTPa pode ser substituída por dTpa ou dTpa-VIP.

Nossos fornecedores de vacinas

Logo de fornecedor 1
 logo de fornecedor 2
Logo de fornecedor 3
Logo de fornecedor 4

Parceiros

Logo Lamina
 logo Lavoisier
Logo Delboni Auriemo

Baixe nosso app

Imagem do celular android com app Beep Saúde

No celular Android

Imagem do celular iphone com app Beep Saúde

No celular iPhone