Home/Vacinas/Vacina Febre Amarela

Vacina Febre Amarela

Agendar agora Ver preços

O que previne

A vacina contra a febre amarela é composta por vírus vivos moderados do Cepa 17D. O frasco contém substâncias desidratadas acompanhadas por soro fisiológico.

Realizar a vacinação previne doenças - em humanos e outros vertebrados - causada pelo vírus da família dos Flavivírus. Além de causar icterícia - aspecto amarelado na região dos olhos, pele e mucosas - sintoma que dá origem ao nome da doença, ela é considerada aguda e hemorrágica.

Agendar

Existem três espécies de mosquitos que podem disseminar a doença: o Haemagogus e Sabethe transmitem a febre amarela silvestre, pois estão concentrados em regiões de mata e interioranas. Enquanto isso, o Aedes Aegypti é responsável pela febre amarela urbana, a qual atinge as grandes metrópoles.

Os primeiros sintomas da doença aparecem de forma repentina, como a febre alta, calafrios, cansaço, dor de cabeça, dor muscular, náuseas e vômitos por cerca de três dias. Se o caso se agravar, outros indícios da doença vão aparecer, como a icterícia e a insuficiência renal e hepática.

  • Apesar de muito raros, podem acontecer eventos graves: reações alérgicas, doença neurológica (encefalite, meningite, doenças autoimunes com envolvimento do sistema nervoso central e periférico) e doença em órgãos (infecção pelo vírus vacinal causando danos semelhantes aos da doença). No Brasil, entre 2007 e 2012, a ocorrência destes eventos graves foi de 0,42 caso por cem mil vacinados. Reações alérgicas como erupções na pele, urticária e asma acontecem com frequência de um caso para 130 mil a 250 mil vacinados. Entre 1999 e 2009, ocorreu anafilaxia na proporção de 0,023 caso para cem mil doses aplicadas. Entre 2007 e 2012, aconteceram 116 casos (0,2 caso em cem mil vacinados) de doença neurológica, principalmente quando se tratava de primeira dose e em idosos. Já a doença nos órgãos, chamada “viscerotrópica”, neste mesmo período, ocorreu em 21 pessoas (0,04 caso em cem mil vacinados).
  • Entre os eventos locais, a dor no local de aplicação ocorre em 4% dos adultos vacinados e um pouco menos em crianças pequenas, e essa dor dura um ou dois dias, na forma leve ou moderada.
  • Manifestações gerais, como febre, dor de cabeça e muscular são os eventos mais frequentes e acontecem em cerca de 4% dos que são vacinados na primeira vez e menos de 2% nas segundas doses.

Gestantes, lactantes e pessoas a partir de 60 são os únicos grupos de pessoas que não devem administrar a vacina.

A vacinação nas grávidas é contraindicada em qualquer fase gestacional e, em casos de emergência como epidemias e viagens para áreas de risco, o médico deve levar em consideração os benefícios e riscos. No caso das lactantes, a vacinação também é negada, tendo que ser adiada até a criança completar 6 meses. Se o adiamento for impossível, o médico deve levar em consideração os benefícios e riscos.

Pessoas com mais de 60 anos necessitam de avaliação médica, levando em conta os benefícios e riscos da vacinação.

Quem precisa vacinar?

(fonte: Ministério da Saúde, Portal Saúde. Em: Febre Amarela. Acesso em: 14 de Setembro 2018.)
(fonte: Sociedade Brasileira de Imunizações. Em: Vacina Febre Amarela. Acesso em: 13 de Setembro 2018.)

Viajantes

Turistas que forem se dirigir a uma área com recomendação de vacina - tanto estrangeiros quanto brasileiros – e que não nunca receberam nenhuma dose da vacina.

Internacionais: Devem seguir as orientações do do Regulamento Sanitário Internacional.

Nacionais em áreas recomendadas para a vacinação: Administrar a vacina - no caso da 1ª dose - pelo menos, 10 dias antes da viagem.

Crianças

Crianças de 6 a 9 meses incompletos:Precisam administrar a vacina apenas em situações de epidemia ou viagem para área de risco.

Crianças de 9 meses até 5 anos completos: Uma dose aos 9 meses e o reforço após 4 anos - caso não ocorra a vacinação aos 9 meses, administre as doses em um intervalo de 30 dias.

Pessoas a partir de 5 anos que tomaram as duas doses da vacina: Não precisam se vacinar. Aqueles a partir de 5 anos que receberam apenas uma dose devem administrar o reforço.

Pessoas a partir de 5 anos que nunca foram vacinadas: Devem aplicar a primeira dose e o reforço com 10 anos de intervalo.

Áreas com Recomendação

A vacinação de rotina para febre amarela é ofertada em 19 estados. Além das áreas com recomendação, também está sendo vacinado os estados do Rio de Janeiro e Espírito Santo.

Nossos fornecedores de vacinas

Logo de fornecedor 1
 logo de fornecedor 2
Logo de fornecedor 3
Logo de fornecedor 4

Parceiros

Logo Lamina
 logo Lavoisier
Logo Delboni Auriemo

Baixe nosso app

Imagem do celular android com app Beep Saúde

No celular Android

Imagem do celular iphone com app Beep Saúde

No celular iPhone